sexta-feira, 15 de maio de 2009

Brawn sem pressa para ter patrocínio

Apesar de estar dominando o início da temporada 2009 da Fórmula 1 e já ter recebido algumas propostas para patrocínios do tipo “título” (que aparecem com o nome da escuderia), a Brawn GP prefere pensar com calma o que fará a respeito desse assunto, já que o importante é garantir o futuro da equipe.

“A situação mudará quando tomarmos uma decisão. Temos muitas ofertas e não estamos em um ponto ruim. Podemos, no entanto, fazer nosso trabalho com o dinheiro e recursos que temos atualmente. O Ross (Brawn) e eu estamos procurando a melhor solução para os próximos cinco anos e não temos pressa. Tivemos uma boa oferta da Virgin, mas também recebemos outras muito boas”, admitiu Nick Fry, CEO da escuderia que lidera os campeonatos de equipes e de pilotos, ao site da revista Autosport.

Apesar de ser uma equipe nova que comprou o espólio da Honda na F1, a Brawn GP ainda conta com recursos deixados pela marca japonesa e pelos seus direitos comerciais. Além disso, assegurou, ainda no GP da Austrália, um acordo mais tímido com a Virgin, empresa de Richard Branson.

Rafael Munhoz

Fonte: Revista Racing

Nenhum comentário: